Esta plataforma utiliza cookies de terceiros para melhorar a experiência do utilizador e os serviços que prestamos. Ao continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização.

Empresas nacionais consideram positiva a presença na Moulding Expo

Voltar à listagem

Saldou-se pela positiva a participação coletiva organizada pela CEFAMOL na terceira edição da feira Moulding Expo, que decorreu de 21 a 24 de maio, em Estugarda (Alemanha) e onde a Associação fez-se acompanhar por 19 empresas – AES Moldes, ASG Moldes, Bormat, Ecotool, Fozmoldes Itecmo, Moldata, Moldit, Planfuro, PMM, Proaz, Ribermold, Socem, Srfam, Steelplus, Tecnimoplas, TJ Moldes, Uepro e VSV.


De acordo com Manuel Oliveira, secretário-geral da CEFAMOL, "a participação portuguesa foi, nesta edição da feira, a maior participação internacional e a segunda, em número de empresas, logo a seguir à Alemanha". Para além da participação coletiva, houve ainda outras empresas nacionais que integraram o evento em nome individual, explicou ainda o responsável.



Manuel Oliveira conta que, no final da feira, "o que ouvimos dos participantes é que foi um certame com nota positiva num momento que ainda é de alguma incerteza no que diz respeito à indústria automóvel e do que se perspetiva para o futuro". "Houve algumas empresas que deram indícios de projetos que estão atualmente em stand-by poderiam começar a arrancar nos próximos tempos", destacou.


A Moulding Expo tem a particularidade de ser uma feira muito orientada para a indústria de moldes e sua cadeia de valor. Por isso, apesar da afluência de visitantes não ser tão elevada como noutros certames dedicados à indústria de plástico, os que marcam presença constituem "contactos muito direcionados, muito concretos e objetivos naquilo que pretendem", explica.



Na feira, a participação portuguesa recebeu a visita do Secretário de Estado da Economia, João Neves, e do Presidente do Compete, Jaime Andrez. Tratou-se de uma visita que Manuel Oliveira considera ter sido "muito importante", uma vez que, por um lado, revela "o reconhecimento da importância do sector" e, por outro, permitiu a estes responsáveis "ouvir as expectativas das empresas, as suas preocupações, mas também os seus planos de desenvolvimento para o futuro". Manuel Oliveira conclui que "as empresas vieram desta feira mais otimistas, com a noção de que as coisas têm tendência a dar um salto e evoluir de forma positiva".



Balanço positivo
A organização da Moulding Expo faz, também, um balanço positivo do certame, considerando que, nesta terceira edição, "confirma a sua posição no mercado como uma peça central da indústria alemã e europeia de moldes".



A feira, considera Ulrich Kromer von Baerle, CEO da Messe Stuttgart, é local de encontro privilegiado no qual "os expositores podem trocar informações e experiências com clientes e fornecedores, mas também com seus colegas do sector". Destaca ainda que, entre os visitantes, 79% são altamente especializados e responsáveis pela tomada de decisões nas empresas, nomeadamente as compras.


No total, a Moulding Expo teve cerca de 13 mil visitantes de 59 países, tendo contado com 705 expositores. O responsável pelo certame considera ainda que "os expositores estrangeiros usam a feira, por exemplo, para iniciar e coordenar projetos de cooperação", considerando este um aspeto muito relevante.


A próxima edição está já agendada para 8 a 11 de junho de 2021.

Agenda