Esta plataforma utiliza cookies de terceiros para melhorar a experiência do utilizador e os serviços que prestamos. Ao continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização.

Seminário apresenta bibliotecas como solução para melhorar projeto de moldes

Voltar à listagem

'Bibliotecas dinâmicas e interativas e o projeto de moldes' foi o tema de um conjunto de dois seminários técnicos que, organizados em conjunto pela CEFAMOL e pela empresa Cadsolid, decorreram no dia 24 e 25 de setembro, respetivamente em Oliveira de Azeméis e na Marinha Grande.


A utilização destas bibliotecas é, segundo considerou Paulo Olaio, responsável técnico pelo TopSolid (a solução apresentada), "a garantia de um bom projeto". E explicou a razão: o conceito destas bibliotecas dinâmicas e interativas, aplicado na fase do projeto do molde, permite ao utilizador inserir componentes em interação com o software que foi concebido para avaliar e prever o erro, de forma a alcançar o sucesso das operações pretendidas. "Permite ao utilizador uma liberdade muito grande e é uma solução muito dinâmica", explicou.

 

   


O seminário foi dividido em duas partes. Numa primeira, Paulo Olaio e Marco Almeida (ambos da CadSolid) explicaram o funcionamento do conceito, expondo, de forma prática, os seus benefícios. E, na ótica de Paulo Olaio, as vantagens da utilização desta ferramenta são bastantes no que à indústria de moldes diz respeito. "Permite tempos de execução mais rápidos, mas também uma uniformização dentro da própria empresa dos vários componentes, para além de uma redução drástica de erros no projeto", afirmou, frisando, ainda, que, da forma como está concebido, permite "uma interação com a fase seguinte de produção, o CAM".


Uniformização do processo produtivo
Aliás, Paulo Olaio explicou até que "este conceito (para já aplicado à fase do projeto) pode ser alargado à parte do CAM". Ou seja, "podemos criar métodos, de forma a que sejam uniformes dentro da empresa, que vão desde os processos às próprias ferramentas a utilizar e até à forma como se fazem as maquinações", acrescentou.


Os dois seminários contaram com a adesão de dezenas de profissionais da indústria que, ao longo da apresentação, foram colocando várias questões aos oradores. Nas sessões realizadas, para além da exposição sobre o conceito das bibliotecas, a empresa convidou, como oradores, profissionais de duas organizações do sector (Moldes RP e Prifer em Oliveira de Azeméis; Socem e Tecnimoplás na Marinha Grande), as quais partilharam a sua experiência e opinião em relação à opção das respetivas empresas pelo conceito apresentado. Foi possível perceber, pelas explicações que deram, que estas bibliotecas são suficientemente versáteis para se adaptarem, com benefícios, à realidade de cada empresa.


Agenda